Histórias

Mosaic Fertilizantes: Como a empresa criou uma cultura de aprendizagem focada no usuário

Fernando Barreto

Compartilhe:

EF Corporate Mosaic

A educação corporativa vem se tornando cada vez mais importante para as empresas nos últimos anos e, agora, se tornou parte da estratégia de desenvolvimento de liderança e retenção de talentos. O desafio de criar jornadas que ajudem nesse processo é complexo e depende da união das equipes de RH com gestores e colaboradores para cocriar um ambiente que traga, principalmente, a experiência do usuário e a cultura de aprendizado das companhias no centro desse planejamento.

Para dar uma visão mais ampla da importância dos programas de treinamento e desenvolvimento das empresas e como a educação 4.0 ajuda a dar mais protagonismo aos colaboradores, nós conversamos com a Ana Mendonça, Learner Manager da Mosaic Fertilizantes, e trazemos um resumo desse bate-papo com a executiva.

Experiência do usuário

Pensando um pouco nesse futuro do aprendizado, em que o foco não é mais o conhecimento e sim como eu trilho essa jornada, toda a estratégia de educação corporativa vem sendo cocriada, com o negócio e com os colaboradores, recebendo a opinião de funcionários, gerentes e diretores, e fazendo a relação entre o que se aprende e o que é aplicado na prática.

A educação corporativa não é apenas sobre horas de treinamento e quantidade de pessoas que participaram ou não. Esse modelo é muito importante para quando existem conteúdos que fundamentam a organização, tanto para colaboradores quanto para os novos de casa. Porém, para a educação corporativa, principalmente quando falamos de Lifelong learning e cultura de aprendizado, não se pode pensar como na época da escola, com notas, decoração do conteúdo, etc., é preciso olhar para o quanto do treinamento foi absorvido, o quanto ele nos instigou a pensar em determinado assunto. “E hoje, mesmo que a gente, enquanto empresa, não faça internamente esse movimento, o mercado e o mundo já o fazem”.

Logo, quando olhamos a estratégia de educação corporativa, é numa visão do usuário, de como ele vai tratar a jornada de aprendizagem e, num segundo momento, o impacto para a organização. Como eu posso aproveitar tudo que já tem fora, que já está disponível e como eu coloco isso dentro da organização?

“A experiência de aprendizado na Mosaic Fertilizantes utilizando a EF tem contribuído muito para meu desenvolvimento no idioma Inglês e melhorado dia a dia o desempenho das minhas funções só tenho a agradecer pela oportunidade!” – Raquel Miramar (Mosaic Fertilizantes)

Movimento para o online

Com a vinda da pandemia, apesar de muitas empresas já pensarem nisso antes, houve uma movimentação para o online. Mas, sempre se preocupando com a experiência, a aplicação e o contato humano. Portanto, é preciso haver uma curadoria do conteúdo que será disponibilizado para o colaborador e também ter um momento de discussão, para estabelecer uma conexão de como eu aplico o que foi aprendido.

A Mosaic Fertilizantes vem fazendo isso, tanto nos programas de idiomas, quando na academia de liderança. Essa última segue um modelo totalmente híbrido, com conteúdo pra ser consumido e uma curadoria deste, focado no objetivo de aprendizagem. São momentos online, individual e em grupo, momentos de troca e uso de diferentes ferramentas, como a gamificação para estimular os funcionários.

“Até um rap foi criado, com a trilha de ágil, surgiu uma abertura para que engajassem a participação, pensando nos objetivos de aprendizado da área. Além do uso muito forte do QRCode, por exemplo, para entregar conteúdo mais rápido”, comenta Ana Mendonça

Esses são exemplos aplicados, que mostram que você pode ir lá e criar diversas formas de engajar os funcionários a consumir o conteúdo e não só entregar para eles. Você cria um marketplace interno de como vendê-lo e de que forma ele pode se tornar mais atrativo para cada pessoa. O engajamento faz parte do processo de criação de uma cultura de aprendizagem, assim como a implementação de uma academia corporativa.

E quando falamos de educação 4.0, é algo que veio para ficar, porque nós nos tornamos mais seletivos sobre quando usar o presencial. As pessoas entenderam que não precisam que tudo seja presencial. É preciso ter momentos de troca, coconstrução, reflexões e checkpoints. Mas nem tudo precisa ter esse formato físico. Existem outros formatos e as empresas entenderam que as pessoas também aprendem neles.

Círculo virtuoso da aprendizagem

A Mosaic Fertilizantes vem fazendo muita pesquisa com os usuários para saber o que eles querem consumir. E a semana de desenvolvimento da empresa, onde são trabalhados temas chave da organização, que serão foco naquele ano, é fundamental para esse processo, porque ela agrega muito, em termos de T&D, do que se espera para o futuro ao mesmo tempo em que são coletados dados sobre as ideias de cada colaborador, o que eles têm interesse e, dali a Mosaic Fertilizantes cria o calendário de curadoria focado na personalização do conteúdo. Ao longo dos últimos três anos, a Mosaic Fertilizantes já trabalhou temas como: protagonismo de carreira, diversidade e inclusão, e o lado humano da inovação.

Ana comenta que uma das ações da empresa do ano foi a personalização do conteúdo. “Na nossa pesquisa da semana tem o nome do colaborador, então a gente manda direto para o funcionário materiais sobre aquele tema. Então a gente fez algumas ações muito focadas e personalizadas. Apesar de ser algo trabalhoso, mostra o cuidado da empresa com as pessoas”. E ela completa “Quando esse tipo de ação é criada para trabalhar os mais diversos temas, é criado o círculo virtuoso da aprendizagem, porque focamos no que o funcionário quer e criamos maior identificação e engajamento”.

“Acredito que todo profissional é desafiado diariamente e aprender uma nova língua é desafiador: requer dedicação, paciência e persistência. Me orgulho de trabalhar em uma Companhia que se compromete com o desenvolvimento pessoal dos colaboradores” – Paloma Reis (Mosaic Fertilizantes) .

Learning Influencer

Quando se fala em escalabilidade, dentro da Mosaic Fertilizantes, hoje existe uma maturidade de learning em que a universidade corporativa tem uma inteligência artificial que personaliza o conteúdo, conforme o que o usuário gostaria de consumir. Assim, tudo dentro da plataforma já é construído para o que o colaborador quer, além de trazer itens sugeridos para ele. O sistema permite curar sua própria trilha com o seu conteúdo e compartilhar, se quiser, com outros colaboradores. Isso transforma nossos usuários em learning influencer, porque ele se torna referência naquele assunto. Com isso, ele vai criando também a sua credibilidade dentro da empresa. Outro ponto importante, é a democratização da apredizagem. Para que ela não fique focada em uma pessoa ou núcleo, mas que possa ser compartilhada.

Apoio da liderança

Ana comenta que a Mosaic Fertilizantes tem um terreno muito forte para desenvolvimento e sempre teve. Ao mesmo tempo, não havia algo estruturado, com a educação corporativa tendo apoio. Mas, um dos grandes sucessos da empresa, é o trabalho de mudança desse cenário com, por exemplo, a criação de um patrocinador, que seja da liderança e que dê suporte aos programas de desenvolvimento. E as trilhas são todas cocriadas com gerentes, VPs e outros líderes, entendendo o que eles acreditam ter valor para o colaborador e para a companhia. Essa ação ajudou a mostrar o que essa aprendizagem impacta nos negócios, o quanto o funcionário está mais engajado, qual o objetivo desse aprendizado, entre outras medidas. A empresa tem isso, por exemplo, no programa de idiomas.

Outra ação são os programas de jovens talentos que também foram criados junto com os gerentes das áreas. A partir dos feedbacks recebidos, foram feitas mudanças no calendário, com ajustes na trilha para atender as necessidades do negócio, que precisa dos talentos focados durante o segundo semestre. Além da criação conjunta das medidas de sucesso, que mostrariam de que forma o programa ia caminhar.

“Eu penso que hoje nada se faz de prateleira e estamos sempre construindo com o usuário, saindo das horas de treinamento e de quem fez ou não, mas qual o objetivo, como vai evoluir e como a área vai aplicar aquilo dentro do seu dia a dia”, acrescenta Ana.

“Fico muito feliz e honrado por este reconhecimento e pela iniciativa da Mosaic em investir e acreditar no funcionário proporcionando uma plataforma de estudos como a EF, além de incentivá-lo no seu desenvolvimento e crescimento profissional/pessoal, isso contribui muito fazendo com que ele se sinta cada vez mais privilegiado em saber que a empresa se preocupa com o seu aprendizado e desenvolvimento, além das funções que ele exerce diariamente.” – José Silva (Mosaic Fertilizantes)

Reskilling e Upskilling

A cultura de aprendizagem é importante para que haja uma análise do quanto de habilidades precisam ser desenvolvidas dentro da empresa em relação ao objetivo do futuro. O que não funciona mais e pode ser repensado? Como fazer o reskilling dessas novas competências e habilidades, sejam técnicas ou comportamentais? E tudo isso precisa ser aplicado na prática trazendo o lado humano. O desenvolvimento da liderança, trazendo os pilares de D&I, inovação e transformação digital. Provocando os líderes, que são os agentes de transformação, e trabalhando com eles constantemente, para trazer novos modelos de trabalho.

Trabalhar de maneira mais ágil, pensar em upskilling, e em quais habilidades que não tem dentro da companhia, precisam ser buscadas no mercado para manter o core da organização ou treinar colaboradores para atender essa demanda.

No caso da Mosaic Fertilizantes, uma dessas demandas foi a chegada de uma presidente que não fala português fluente e, com isso, houve a necessidade de acelerar o processo de aprendizado do idioma entre os líderes. Especialmente porque eles precisam ter mais fluência na comunicação. Com isso, o time Brasil da Mosaic Fertilizantes passou a ter maior visibilidade no mercado internacional, um contato mais próximo com o headquarter da companhia e ter a possibilidade de se tornar referência dentro e fora da organização.

Desenvolva seu talento para o futuro do Agro

Close

Fill out our form to be contacted

Contact us

Personal details

+1

Company details

What is your query about?

Executive Education
Language & Communication
Assessment Solutions
Organizational Development
Executive Coaching
Business Foundations
Open Programs
I'm not sure yet

Your message

*

Explore mais histórias

Careers Hult EF

Histórias

Cargill: Uma história sobre como dar voz a diversidade através dos grupos de afinidade

Leia mais
leadership hult ef corporate education

Histórias

Alcoa: O papel da liderança na criação de ações para construção de um Futuro Sustentável

Leia mais
five-people-meeting-room

Histórias

Daimler: Employee Experience e os desafios da indústria automotiva

Leia mais

Estamos aqui para ajudar.

Adoraríamos manter contato com você, e nossa equipe de especialistas está pronta para ajudar.