Histórias

Orange e Hult EF: Uma década treinando o mundo online

Alex Pilkington

Compartilhe:

A Hult EF celebra 25 anos de ensino online agora em 2021. Foi pioneira no aprendizado digital ao oferecer as primeiras aulas de idiomas, ainda em 1996. O mundo da EdTech e a inovação da Hult EF mudaram radicalmente desde então, então aproveitamos a oportunidade de falar sobre a evolução do aprendizado digital com um de nossos parceiros mais antigos.

A Orange é uma companhia global de telecomunicações, com mais de 100 mil funcionários ao redor do mundo, dos quais 83 mil estão baseados na França. A Orange e a Hult EF trabalham juntas há 12 anos para melhorar as habilidades de idiomas e comunicação em suas forças de trabalho tão diversas. Tivemos o prazer de conversar com Véronique Poli, Gerente de Aprendizado e Desenvolvimento.

Quais são suas lembranças sobre o aprendizado online no começo da parceria entre a Hult EF e a Orange?

Havíamos tido algumas experiências com aprendizado online, mas nossos experimentos com a Hult EF foram o início de algo que chamamos de aprendizado “mesclado” ou digital. Para nós, a função de reconhecimento de voz foi impressionante demais. Além disso, houve o conceito de que você poderia trabalhar de forma independente em conteúdos de autoestudo onde e quando quisesse, sendo capaz de organizar seu tempo da forma como preferisse. Você também podia agendar suas conversas com seu instrutor.

Lembro que naquele tempo (2008) era muito difícil, do ponto de vista da Tecnologia da Informação, obter novas plataformas digitais confiáveis. Precisávamos viajar para ver pessoalmente os departamentos técnicos e a infraestrutura de um fornecedor.

Qual foi a reação da força de trabalho da Orange ao treinamento digital naquela época?

No começo, nossos funcionários estavam acostumados com treinamentos presenciais. Então, durante o primeiro ano, foi muito difícil provar a eles que poderiam ter progresso e que poderiam fazer uma imersão naquele tipo de treinamento virtual. Nossa taxa de adesão ao serviço foi inicialmente de apenas 14%.

Além disso, naquela época, alguns funcionários não tinham acesso à Internet no trabalho ou em casa – e então tínhamos que oferecer locais especiais para eles a acessarem adequadamente e estarem em uma atmosfera confortável para o treinamento. Entretanto, após um ou dois anos, a adesão cresceu rapidamente e a partir daí foi um progresso rápido.

Quais são as inovações mais importantes no aprendizado online?

O mais importante é poder aprender quando e onde você quiser, incluindo em seu celular. Para idiomas, sigo impressionada com o reconhecimento de voz, porque você pode ver se sua pronúncia e seu sotaque estão bons. Na Escola Hult EF, por exemplo, se você quer progredir através de níveis, você tem que atingir uma certa taxa de sucesso, incluindo o sotaque e a pronúncia em determinados exercícios – você tem que fazê-los algumas vezes para conseguir.

Temos visto em muitas organizações que hoje, no que se refere a treinamento e desenvolvimento, o aprendizado digital é o que as pessoas pensam primeiro. Você acha que a pandemia afetou a forma de pensar das pessoas sobre o treinamento virtual ainda mais?

Considerando nosso catálogo de aprendizado, acredito que quase 80% são digitais este ano. Tivemos uma oferta especial da Hult EF em conteúdo de autoestudo. Foi super bem aceito por todos os funcionários, não somente na França, mas também pela ampla rede da Orange em outros países.

Penso que nossos alunos ficaram todos impressionados com o que temos, mas não apenas quanto aos idiomas. Tentamos implementar o aprendizado à distância em muitos assuntos para melhorar a produtividade e a eficácia. É algo especialmente importante no fluxo de trabalho, mas muitas pessoas querem voltar ao escritório. Estamos todos cansados de trabalhar sem interação com nossos colegas.

Pós pandemia, como você vê a evolução de seu portfólio de aprendizado?

Manteremos ao mesmo um terço do “aprendizado à distância”. Mais e mais funcionários tiveram a oportunidade de trabalhar sozinhos e com este tipo de treinamento virtual. Permitimos que mais países tenham acesso ao conteúdo da Hult EF, especialmente na África e no Leste Europeu, e mais e mais pessoas estão solicitando isso.

Fico muito contente que a Hult EF tenha proporcionado a oportunidade de treinamento ao grupo Orange ao redor do mundo para desenvolver as habilidades de Inglês dos funcionários. Muito obrigada. Hult EF. Apreciamos muito.

Alex Pilkington

Director of Marketing and Sales Enablements, Hult EF

I grew up in the rainy North of England, but thanks to 14 years at Hult EF I've had the opportunity to travel all over the world and work with amazing people from all different cultures. Whenever possible I try to combine my travels with some of my other loves: learning languages, eating great food, riding my bike(s), and digging for rare records! You can find me at www.linkedin.com/in/pilkingtonalex

Read more
Close

Alex Pilkington

I grew up in the rainy North of England, but thanks to 14 years at Hult EF I've had the opportunity to travel all over the world and work with amazing people from all different cultures. Whenever possible I try to combine my travels with some of my other loves: learning languages, eating great food, riding my bike(s), and digging for rare records! You can find me at www.linkedin.com/in/pilkingtonalex

Sign up to stay informed

Join other industry leaders and stay up to date with the latest language and leadership innovation and insights every month

*

Explore mais histórias

Careers Hult EF

Histórias

Cargill: Uma história sobre como dar voz a diversidade através dos grupos de afinidade

Leia mais
leadership hult ef corporate education

Histórias

Alcoa: O papel da liderança na criação de ações para construção de um Futuro Sustentável

Leia mais
five-people-meeting-room

Histórias

Daimler: Employee Experience e os desafios da indústria automotiva

Leia mais

Estamos aqui para ajudar.

Adoraríamos manter contato com você, e nossa equipe de especialistas está pronta para ajudar.